domingo, 18 de janeiro de 2009

Copacabana


Existem praias tão lindas cheias de luz/Nenhuma tem o encanto que tu possuis/Tuas areias, teu céu tão lindo/Tuas sereias sempre sorrindo/Copacabana princezinha do mar/Pelas manhãs tu és a vida a cantar/E a tardinha o sol poente/Deixa sempre uma saudade na gente/Copacabana o mar eterno cantor/Ao te beijar ficou perdido de amor/E hoje vive a murmurar só a ti/Copacabana eu hei-de amar
(João de Barro e Alberto Ribeiro)

-A canção que ficou conhecida na voz de Dick Farney descreve bem o que sentem os apaixonados por Copacabana. Aliás, andando pelo Rio de Janeiro fica fácil entender porque o mestre Jobim e outros artistas cantaram tanto as belezas da cidade maravilhosa.

4 comentários:

Tatiana disse...

Rifler, adorei essa foto!!!

Bc Guedes disse...

Demais! Assim como o Rio, mistura a paisagem com o espírito de metrópole.

Nirley Sena disse...

Acho que terei que quebrar os outros dedos dessa mulher...rsrsrs.

Andrea Rifer disse...

ERREI: Escrevi nesta postagem, quando publiquei a foto de Copacabana, que a canção mais conhecida da praia mais conhecida do Rio de Janeiro tinha sido eternizada na voz de Tom Jobim, que tanto cantou os encantos da cidade maravilhosa. Estava errada. Quem eternizou essa linda música foi Dick Farney, e quem me corrigiu foi o jornalista Luiz Gomes Otero, especialista em música. Valeu Otero!