quinta-feira, 30 de abril de 2009

Fim de tarde no extremo sul do litoral paulista

O que dizer de uma imagem como essa? É melhor não dizer nada. Pra que palavras?


Imagem clicada do Canal do Ararapira, na Ilha do Cardoso (Cananeia)

4 comentários:

Rafael Motta disse...

Andrea, parabéns a você e ao Nilson pela reportagem (que faz jus à denominação e só pode ser assim porque vocês foram lá e viram; é algo muito mais vivo do que os relatórios estatísticos que costumo ler). Um trabalho feito pelas pessoas certas. Errado é o pensamento de certos governantes em determinadas localidades, menos preocupados com a Natureza do que com royalties de gás e petróleo — combustíveis que, por obra humana, um dia vão se acabar.

Nina disse...

Oi Andrea
adorei te ver lá no bloguinho e mais ainda por saber que vc conhece minha irmazinha! Que delícia.

Mas lindo mesmo é esse teu blog, cheio de fotos incríveis. Uau! As viagens que vc faz, as imagens que consegue, putz, que barato, essas da praia, do greenpeace, das aves, do Rio...

vc trabalha ou trabalhou com a Ni??
Aaahh, a resposta a tua pergunta eu deixei lá no blog mesmo, tá??

Adorei te ver por lá, a gente se bloga então, né?
:)
Bjs e se falar com minha maninha, beijao nela!

Bia R. disse...

Amiga, Ilha do Cardoso é tudo. Fez matéria sobre o local? Saudades de vc. Nunca vem pra cá? Beijão

Bc Guedes disse...

Queria estar naquela ilhazinha, sentindo nos pés o vai e vem da água morna, sentindo o sol no rosto no momento do seu click. E fazer o mundo parar de girar. Era tudo o que eu queria.